quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Palavras.

O maior artifício do ser humano são as palavras,
Elas são capazes de provocar os mais belos e profundos sentimentos e sensações,
Elas acalentam a dor, proporcionam muitos momentos de alegria,
E têm o poder de fazer alguém amá-lo.
Ao mesmo tempo, elas podem causar os mais angustiantes sentimentos,
As piores dores e as maiores decepções.
Palavras são uma arma poderosa,
Tanto para o amor quanto para a dor.
São como uma faca de dois gumes,
Que é capaz de gerar a mais sincera confiança e logo depois destruí-la.
Palavras iludem, enganam, ludibriam...

São as responsáveis pela pior e mais humilhante dor que um ser humano possa passar, a mentira.

sábado, 28 de novembro de 2009

Pessoas fogem de pessoas.... Como a caça foge do caçador, mas não somos canibais para que as pessoas tenha que fugir umas das outras!!!!
Esse mundo é realmente insano, é difícil saber se as pessoas se espantam facilmente ou se nós as espantamos.
Somos seres racionais... Basta deixar claro que chegou ao fim... Basta por um ponto final...
É desnecessário fugir sem deixar rastros... Sem dar o último adeus...
As pessoas só devem deixar de existir quando morrer, não quando bem entendem...
Esse medo que temos uns dos outros é incrível, ninguém nesse mundo é igual, mas algumas pessoas são diferentes demais as vezes...
Sim a vida é complicada, é foda, as pessoas  não se permitem descobrir o novo... Existe o medo de gostar do que é diferente...
Todos somos anormais, cada um com sua complexidade, e só vamos passar a entender os outros no dia em que nós mesmo consigamos compreender nossas próprias complexidades... Então não se abale com o que é extremamente diferente!!!!

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Mulheres.

Sempre exigindo igualdade entre os sexos, mas na hora de pagar uma conta usam a velha desculpa do "cavalheirismo".
Sou mulher, mas se pudesse escolher seria homem.Não só pelo fato de vivermos em um mundo machista, mas observando bem homens e mulheres, é bem perceptível que homens são mais "éticos".
Mulheres vivem em uma constante competição (por homens), parecem leões competindo pela caça.
Mulheres não prezam por uma boa amizade, elas usam suas amigas até se interessarem pelo namorado dela.
Mulheres não foram feitas para serem compreendidas.
Na maioria das vezes a TPM é só uma desculpa para a sua dor de cotovelo.
A maioria das mulheres dá valor àqueles homens que não dão a mínima pra ela, ou gostamos de sofrer, ou gostamos de coisas difíceis, ou somos retardadas mesmo.
Quando temos alguma coisa, nunca é o suficiente, é aquela velha história "A grama do vizinho é sempre mais verde."
As mulheres que me desculpem, mas, somos todas hipócritas, falsas, dizemos que homens não prestam, mas não conseguimos viver sem eles.

domingo, 1 de novembro de 2009

Sonhos.

Você luta, você corre atrás, você sonha, mas nunca é o suficiente.
Por mais que você se esforce, sem perceber você nunca está dando o melhor de si.
Por que será isso??
Acho que não percebemos que podemos ser muito mais do que somos.
Ou talvez aquilo que tanto queremos não é bem aquilo que realmente queremos.
É, a vida é complicada, espero que a morte não seja pior ainda.
Mas o pior de tudo é quando tu [acha] que tem certeza do que quer e essa coisa nunca vem.
E daí quando você já desistiu de tudo aquilo vem para você.
Eu não sei se isso é uma lei do cosmos, ou se é apenas uma simples coincidência, mas comigo é sempre assim.
Eu choro, me esbudego, tento de tudo, e só quando eu já esqueci o que eu queria, a coisa se realiza.
Se não é pra ficar cabreira com a vida depois né.
É tão estranho isso, quanto mais tu luta por algo mais isso se afasta.
E se tu simplesmente não dá a mínima a coisa vem até ti.
Mas, sinceramente, eu não consigo simplesmente ficar parada, esperando que as coisas aconteçam.
Então o jeito é me conformar mesmo, que quanto mais eu quero menos eu tenho.
Mas como sou meio impaciente, e desisto logo das coisas, tenho a consolação de que logo terei tudo o que tanto desejo.

Luar no Litoral.

Hoje o dia está muito maravilhoso, estou na praia e o dia aqui é simplesmente muito mais incrível do que na cidade.
Mas hoje, especialmente hoje, o céu está divino, acho que nunca vi algo tão lindo.
Estava sentada na beira da praia ao entardecer (é, o entardecer de novo), e a Lua está cheia, muito branca, radiante, e o céu, nossa, nunca vi o céu desse jeito, parece um enorme arco-íris, em tons de azul, verde, amarelo, laranja, rosa e lilás!! Muito divino mesmo.
E são esses pequenos momentos, essas imagens lindas que a vida nos proporciona, que fazem com que eu realmente me sinta viva, mas viva no sentido de sentir minha alma, sentir que há algo aqui dentro deste corpo, não somente ossos, sangue, músculos.
É uma sensação tão inexplicável e tão agradável, que eu sinceramente, desejo que todas as pessoas no mundo um dia sentissem isso.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

O Entardecer do Dia 30 de Outubro.










Céu em tons de azul e rosa.
Lua entre a neblina.
Frescor do entardecer.
Calma e sensações imprecisas.
Cheiro da despedida.
Um dia a menos para viver.
Uma noite a mais a sobreviver.
O verde ficando escuro.
As luzes ganhando brilho.
Os pássaros fugindo
Os cães latindo.
Carros passando (e para onde vão?).
Eu aqui sentada,
No parapeito da janela.
Olhando para um lugar distante.
Tentando transpor em um papel
O que é impalpável.
A lua cada vez mais clara.
Ainda não há estrelas.
[Segundos preciosos postos em palavras.]
Sem testemunhas.
Sem cúmplices.
Sem vítimas.
Apenas uma executora..
No início tentei buscar as palavras,
Mas agora elas chegam até mim,
Assim como o entardecer chega ao dia.
(...)
Ainda nenhuma estrela.
(...)
A lua mais intensa,
Até parece que possuí uma aura.
Agora já vejo algumas estrelas piscando.
(...)
Vejo a primeira estrela nitidamente.
Ela pisca em tons de azul e laranja.
(...)
Em volta da lua há um anel,
Em tons de verde.
(...)
A brisa do vento (que parece vir do nordeste)
Está mais refrescante.
[Acho que vi até um disco voador,
É algo grande, piscando e está parado.
E agora sumiu (?)]
(...)
Os grilos cantam.
(...)
Acho que vi um vaga-lume (voava e piscava em vermelho)
(...)
[Agora tenho meu gato como testemunha]
Algumas nuvens encobriram o céu.
A noite já chegou,
Serena e glorificante.

sábado, 24 de outubro de 2009

Passagem Secreta.


Tenho tentado descobrir uma passagem secreta que me leve daqui para outro mundo, mas não é simplesmente um outro mundo, é o seu mundo, é especial, é divino, é imperfeito para você, porém perfeito para mim, é sagrado, é tranquilo, é calmo, é limpo, é sincero e verdadeiro. Mais do que isso, é um mundo onde só existe você.

É muito difícil, é preciso encontrar uma passagem entre duas almas, e é necessário que você permita isso, é preciso que você feche os olhos e sinta seu espírito transcender, que sinta os seus sonhos rasgando sua carne em busca da realidade, e que deixe penetrar em você realidades que não estão em sonhos.


Nesse momento estou em um labirinto, correndo, observando, procurando, enlouquecendo, me perdendo, desmaiando. Mas quando me recuperar continuarei correndo e procurando. Existem certas coisas na vida de uma pessoa que se tornam um círculo vicioso, e eu já decidi que o meu será sempre procurar pela passagem, eu sei que posso não encontra-la em vida, mas certamente quando a morte vier será justamente pela passagem secreta que tanto procuro.


Não condiz muito com meu jeito de ser me prender a alguma coisa, mas desta vez foi a coisa que se prendeu a mim. E não, isso não me chateia nem um pouco, muito pelo contrário, pois talvez seja uma das únicas coisas da qual eu tenha certeza. Pois por mais que o tempo passe, por mais longe que você esteja, eu estarei me ocupando nesse tempo em busca da nossa passagem secreta.